Compartilhe
essa notícia
Cidades / 20/01/2014 10:54 - Atualizada em 20/01/2014 10:54
Pesquisa aponta que número de idosos com Aids cresceu


O Programa Prevenir do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – Iamspe, divulgou um levantamento que aponta que o número de idosos com Aids cresceu quatro vezes nos últimos quatro anos. O número é referente aos atendidos no ambulatório de Moléstias Infecciosas do Hospital do Servidor Público Estadual, na capital paulista.



Em 2009, os infectados pelo vírus HIV com 60 anos ou mais totalizavam cerca de 3% dos atendimentos (230) no setor. Já no ano passado os idosos com Aids responderam por 18% dos atendimentos (950).



Um dos fatores para o aumento registrado no levantamento é o trabalho de busca ativa por meio do programa “Atitude Consciente”, implantado no hospital em novembro de 2011 para a realização do teste rápido de HIV, além de ações preventivas.



A vida sexual mais ativa dos idosos, aliada ao sexo sem proteção, também pode ter contribuído para o crescimento nas notificações.



O Iamspe responde pelo atendimento de 10% da população idosa no Estado de São Paulo, e cerca de 60% dos pacientes internados no HSPE têm 60 anos ou mais.



A pesquisa mostra ainda que os pacientes acima de 40 anos são responsáveis por 72% dos casos de Aids e por 70% dos casos de sífilis (doença causada por uma bactéria e também sexualmente transmissível), dos quais 23% são idosos.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário