Compartilhe
essa notícia
Cidades / Saúde 13/06/2014 15:53 - Atualizada em 13/06/2014 15:53
Veja 7 dicas para prevenir doenças cardíacas


O Ministério da Saúde revela que 27% das mortes, no Brasil são causadas por doenças cardiológicas. Entre as patologias, o infarto agudo do miocárdio é a de maior incidência. A doença é causada pelo entupimento da artéria do coração, o que dificulta a passagem sanguínea e impede a oxigenação do músculo cardíaco.



O cardiologista Alberto Fonseca, explicou que a falta de sangue no músculo leva à morte das células do coração. “O sangue é responsável por oxigenar as células, sem ele o músculo morre, causando o infarto agudo do miocárdio.”



O médico ressalta que a melhor forma de prevenir a doença é mantendo um estilo de vida saudável e controlando os fatores de risco. Para isso, o especialista recomenda sete dicas.



1. Mantenha a pressão arterial controlada



O ideal é consumir o mínimo possível de sal durante as refeições. A indicação é que a ingestão diária não ultrapasse 2 gramas, mesmo para as pessoas que não têm hipertensão arterial.



2. Atenção ao excesso de peso, ele pode causar diabetes e hipertensão



A diabetes é um fator de risco para o infarto. Além disso, o excesso de peso pode antecipar e, algumas vezes, desencadear a doença. Por isso, alimentação saudável e prática de exercícios físicos são imprescindíveis tanto para a prevenção quanto para um melhor controle da enfermidade.



3. Cuidado com o emocional



O estresse agudo e crônico podem desencadear o processo de obstrução da artéria do coração, levando ao infarto. A descarga adrenérgica provocada pela tensão pode causar espasmos nas artérias coronárias (artérias do coração), levando à diminuição da circulação sanguínea e, consequentemente, à baixa oxigenação do músculo cardíaco, irrigado por tais vasos.



4. Sem exageros com a gordura



O colesterol alto causa o depósito de gordura na parede dos vasos sanguíneos, obstruindo a passagem do sangue. Portanto, diminua o consumo de frituras e gorduras em geral.



5. Investigue o seu histórico familiar



Pessoas que tenham parentes diagnosticados com doenças cardíacas ou com fatores de riscos devem realizar acompanhamento médico periódico. Os casos familiares devem servir de alerta para buscar com antecedência um especialista.



6. Evite o fumo



O tabaco potencializa o processo de formação de placas de gordura no sistema circulatório. Além disso, o fumo inibe as substâncias responsáveis pela dilatação das artérias coronárias e aumenta as substâncias que produzem contração das mesmas artérias. Desta forma, evitar o cigarro é, também, cuidar do coração.



7. Mantenha uma vida saudável



O infarto é desencadeado por uma associação de fatores, sendo assim, a melhor forma de prevenir é manter um estilo de vida saudável. A prática regular de exercícios, uma alimentação balanceada, evitar o excesso de álcool e a privação do sono, e o bem-estar mental são essenciais para a prevenção da doença.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário