Compartilhe
essa notícia
Cidades / 26/09/2014 14:27 - Atualizada em 29/09/2014 12:48
Bancários aprovam greve para a partir do dia 30
Nova reunião está marcada para segunda-feira, 29


Na noite de quinta-feira, 25, em assembleia no Sindicato, os bancários de Campinas e região, por unanimidade, rejeitaram proposta da Fenaban e aprovaram greve a partir do próximo dia 30 e por tempo indeterminado, nos bancos públicos e privados.



Entre outros pontos, a proposta da Fenaban prevê reajuste salarial de 7% (inflação dos últimos 12 meses, setembro de 2013 a agosto 2014, mais 0,61% de aumento real) e 7,5% no piso salarial (1,08% acima da inflação).



Na segunda-feira, 29, os bancários se reúnem novamente em assembleia na sede do Sindicato, às 19h, para deflagrar a paralisação, que será nacional. “A categoria rejeitou a proposta por ser insuficiente, por não contemplar as reivindicações econômicas e sociais em sua totalidade. É possível um índice de reajuste maior, assim como uma PLR mais justa, diante da alta lucratividade dos bancos. E mais: a greve busca garantir melhorias em temas prioritários da categoria como emprego, metas abusivas, segurança e igualdade de oportunidades”, avalia o presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas e Região e integrante do Comando, Jeferson Boava.



Confira as principais reivindicações:



Reajuste salarial de 12,5%.



PLR: três salários mais R$ 6.247.



Piso: R$ 2.979,25 (salário mínimo do Dieese em valores de junho).



Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 724,00 ao mês para cada (salário mínimo nacional).



Melhores condições de trabalho, com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoecem os bancários.



Emprego: fim das demissões e da rotatividade, mais contratações, proibição às dispensas imotivadas, aumento da inclusão bancária, combate às terceirizações diante dos riscos de aprovação do PL 4330 na Câmara Federal, do PLS 087 no Senado e do julgamento de Recurso Extraordinário com Repercussão Geral no STF.



Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS): para todos os bancários.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário