Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / Saúde 23/10/2014 16:10 - Atualizada em 23/10/2014 17:30
Pesquisa revela que 40% das consultas na rede pública são desmarcadas


Um levantamento feito pela Secretaria de Saúde, entre maio e agosto deste ano, aponta que a cada 10 consultas marcadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), são registradas quatro faltas por parte dos pacientes.



Para evitar isso, a secretaria deu início a uma série de reuniões internas para traçar metas e ações com o objetivo de reduzir este índice e, consequentemente, otimizar o tempo de espera para algumas especialidades, comprometida por conta das faltas dos pacientes.



As análises preliminares da Secretaria de Saúde apontam ainda que muitos pacientes, ao faltarem nas consultas, buscam atendimento ou no Pronto Atendimento da Capela ou na UPA. São casos que não necessitariam de atendimentos de urgência e emergência, mas após faltarem das consultas, os pacientes buscam ser atendidos nestes locais.



A meta da pasta é, para as clínicas básicas (clínica geral, ginecologia/obstetrícia, pediatria e odontologia), um agendamento para, no máximo, 15 dias e com os médicos de especialidades (cardiologista, etc), 30 dias. É em cima desses prazos que a Secretaria busca uma organização das agendas para atender os moradores, com a redução do índice de faltas. Uma ideia que a Saúde vem estudando para reduzir as faltas é o envio de mensagens pelo celular, via SMS, lembrando os pacientes do dia e horário das consultas.



A Prefeitura informou que em breve será apresentado um plano de ação à população no sentido de reverter este quadro.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário