Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / 28/11/2014 19:48 - Atualizada em 28/11/2014 19:48
Sanebavi detalha investimentos de R$ 27 milhões em água e esgoto
Autarquia vai marcar audiências para participação pública


Em reunião com representantes da rede socioassistencial e de lideranças comunitárias, a Saneamento Básico Vinhedo (Sanebavi), apresentou nesta semana os detalhes do trabalho socioambiental que será desenvolvido nos bairros beneficiados com obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário que fazem parte dos projetos na faixa de R$ 27 milhões, com contrapartida de 15% do município, liberados pela Caixa Econômica Federal por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).



Os recursos liberados após a assinatura de convênio com a Caixa serão aplicados na implantação de 19 km da rede coletora de esgoto doméstico do Distrito Industrial, na construção de estações elevatórias e emissários de esgoto para os bairros Altos do Morumbi, Colinas de São Diego, Vila Fontaine e São Joaquim, além da ampliação da estação de tratamento de água do Jardim Santa Cândida (ETA 2) e da expansão da rede de distribuição para o Distrito Industrial que será abastecido pela ETA 3 em construção no São Joaquim.



O projeto de esgotamento sanitário doméstico para o Distrito Industrial atende uma exigência da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), que vem cobrando das empresas instaladas o tratamento do esgoto.



Participação



Em janeiro serão realizadas cinco audiências públicas serão realizadas em janeiro de 2015. O Projeto de Trabalho Social com a participação da população beneficiária é uma exigência do Ministério das Cidades para que todos sejam informados dos impactos e benefícios das obras, e abre espaço para o apontamento de demandas de cada região.



“Com o envolvimento de todos, vamos identificar a necessidade de cada setor e desenvolver trabalhos sociais para o desenvolvimento desses moradores. Nesse primeiro encontro já recebemos algumas contribuições que serão importantes para a realização desse projeto. Além disso, nós conseguiremos informar e conscientizar a todos quanto ao uso correto da água e do descarte do esgoto, contribuindo para a sustentabilidade do município”, afirmou o superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.



Além das audiências públicas, onde a população poderá apresentar sugestões, pesquisas de campo serão realizadas pela equipe de assistência social da Sanebavi para identificar o perfil e necessidade de cada região que será beneficiada pelos projetos de saneamento básico. Sugestões também poderão ser encaminhadas pelo site da Sanebavi (www.sanebavi.com.br) no link fale conosco.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário