Compartilhe
essa notícia
Cidades / Saúde 26/02/2015 18:11 - Atualizada em 02/03/2015 09:19
Valinhos abre sindicância para investigar morte de criança
Jovem morreu no último dia 4 após ser atendida na UPA e Santa Casa de Valinhos


Valinhos, por meio da Secretaria de Saúde, determinou a imediata instauração de sindicância para apurar as circunstâncias dos atendimentos feitos à criança Maria Roberta de Jesus Siqueira, de 8 anos, que morreu no último dia 4 na Unicamp.



Os procedimentos médicos envolveram o atendimento em três locais: Unidade de Pronto Atendimento (UPA), instituição administrada pela organização social Inase, em Valinhos; e Santa Casa, hospital contratado pela Prefeitura para realizar cirurgias pelo SUS, onde haverá abrangência da investigação. Por último, a criança foi levada ao Hospital da Unicamp, onde acabou morrendo.



A secretária de Saúde, Rita Longo, lamentou o ocorrido solidarizando-se com a família em luto. Ela enfatizou que o resultado final da perícia do IML, que ainda não está concluído, vai determinar a causa da morte.



Caso



A mãe da criança, Leidiana, foi ouvida por vereadores da Comissão de Higiene e Saúde de Valinhos na tarde do último dia 21. Ela relatou como foi atendida sua filha na UPA e Santa Casa.



De acordo com a mãe, a menina chegou à UPA com fortes dores abdominais e, primeiramente, foi diagnosticada com virose e recebeu uma receita médica. Como as dores persistiram, Leidiana buscou atendimento na Santa Casa em outro dia, mas não conseguiu consulta com nenhum médico. “A recepcionista me informou que eu teria que levar minha filha na UPA de novo para buscar o encaminhamento”, comentou a mãe à Comissão.



Como a menina não parava de reclamar de dor, Leidiana afirmou que pagaria pela consulta, se fosse necessário. Mas, de acordo com ela, a internação na Santa Casa foi negada por que seria “um procedimento caro”.



Sem outra alternativa, a mãe da menina relatou que foi até a UPA, recebeu atendimento, mas o quadro de saúde da filha piorou. Foi quando uma médica suspeitou que o caso poderia ser apendicite e solicitou transferência para a Santa Casa. Lá, a menina passou por cirurgia e depois foi transferida para Campinas, onde morreu horas depois.


Fotos da notícia
Comissão ouve mãe da criança que morreu

Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário