Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / 02/04/2015 17:02 - Atualizada em 02/04/2015 17:02
Vinhedo, 66 anos de emancipação político-administrativa
Data de aniversário foi escolhida na posse do primeiro prefeito da cidade


Vinhedo comemora nesta quinta-feira, 2 de abril, os seus 66 anos de emancipação político-administrativa. A cidade é notadamente um polo de desenvolvimento e referência de qualidade de vida na Região Metropolitana de Campinas (RMC), no Estado de São Paulo e até mesmo no Brasil.



A emancipação ocorreu em 1949, mas a história local é muito mais antiga. Segundo registros, teve início na época do Ciclo de Ouro, por volta de 1615 e 1620, quando Bandeirantes se aventuravam pelas selvas em busca de riquezas. Surgiram assim as “vilas” dentre as quais a de Sant’Anna de Mogi das Três Cruzes, Itu, Jundiaí e outras.



Jundiaí fazia parte dos postos extremos do avanço do povoado irradiado de São Paulo. Era rota obrigatória das Bandeiras que seguiam para o interior de São Paulo.



Jundiaí, como ocorria com os demais núcleos, implantados no meio da selva, possuía seus pequenos “postos avançados”, pois os que buscavam seu pedacinho de chão na vila que florescia, procuravam, muitas vezes, avançar um pouco mais, onde as terras mais prometessem e onde a água fosse abundante.



Neste cenário, surgiram algumas estradas que cortavam a região em direção a São Paulo e Santos servindo, principalmente, aos marchantes que transportavam produtos obtidos no sertão ou conduzindo boiadas. Uma dessas pouquíssimas estradas ficou efetivamente conhecida como a “Estrada da Boiada”. À sua margem havia uma casinha ao lado de uma pequena roça, que passou a ser ponto de referência para passavam por ali, eis que também havia condições para descanso, uma parada antes, da última arrancada até São Paulo.



A Vila de Rocinha nasceu em 1840. Até então, o pequeno lugarejo era denominado Cachoeira. No dia 31 de outubro de 1908, o presidente do Estado de São Paulo M. J. de Albuquerque Lins promulgou a Lei que “Cria o Distrito de Paz de Rocinha, no município de Jundiahy”. Um plebiscito realizado na cidade decidiu elevar Rocinha à condição de município. Surgiram então quatro nomes para o novo município. Epifanio Salustiano de Souza é quem escolheu o nome de Vinhedo.



A tão esperada emancipação aconteceu na véspera de Natal de 1948, quando por meio do Decreto Lei número 233, ela foi oficializada. Em 1949, o médico dr. Abrahão Aun foi o único candidato ao cargo de prefeito. Vinhedo elegeu oito representantes no Legislativo e Louveira, cinco. Nessa época Louveira pertencia à Vinhedo.



Finalmente no dia 2 de abril de 1949 o novo prefeito, dr. Abrahão Aun, e os treze vereadores tomaram posse e se incumbiram de administrar a nova cidade. Assim, esta data foi escolhida para se comemorar o aniversário de Vinhedo. 


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário