Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / Saúde 26/01/2016 11:42 - Atualizada em 26/01/2016 11:42
Campanha conscientiza sobre hanseníase nesta quinta


A Prefeitura promove nesta quinta-feira, 28, uma campanha de conscientização sobre a doença hanseníase, também conhecida como lepra.



O evento acontece das 9h às 12h e haverá entrega de material informativo. A campanha é uma prévia do Dia Mundial de Combate à Doença, celebrado em 31 de janeiro.



A hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria, que compromete principalmente a pele e os nervos, deixando sequelas, caso não seja tratada precocemente. É transmitida de pessoa para pessoa através de secreções das vias respiratórias (nariz e boca) e de um contato íntimo e prolongado com um doente sem tratamento. A enfermidade tem uma lenta evolução, sendo que, após o contágio, o indivíduo leva anos para apresentar os sintomas.



A hanseníase pode causar deformidades físicas que podem ser evitadas com diagnóstico da doença no início, segundo informou o secretário de Saúde, José Luís Bernegossi. “É importante a população conhecer a doença, sua forma de transmissão e os sintomas como forma de prevenção”, explicou.



Ao penetrar no organismo a bactéria inicia uma luta com o sistema imunológico do paciente. O período de incubação é prolongado e pode variar de seis meses a seis anos.



As manifestações da doença geralmente são manchas na pele esbranquiçadas ou avermelhadas com diminuição da sensibilidade (manchas dormentes que não doem, não coçam e não incomodam e por isso, muitas vezes, passam desapercebidas); diminuição da sensibilidade ou formigamento de extremidades de mãos, pés ou olhos; diminuição ou perda de força muscular em mãos, pés e pálpebras.



O diagnóstico de hanseníase envolve a avaliação clínica do paciente, com aplicação de testes de sensibilidade, palpação de nervos, avaliação de força motora, entre outros. O exame laboratorial para medir a quantidade de bacilos também é recomendado. O exame é simples e oferecido na Rede Municipal de Saúde de Vinhedo, com coleta na Unidade Básica de Saúde da Casa Verde, após apresentação do pedido médico.



O tratamento da hanseníase é oferecido gratuitamente em Vinhedo. Na Unidade Básica de Saúde da Casa Verde, onde funciona o Serviço de Assistência Especializada, o paciente recebe acompanhamento médico especializado.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário