Compartilhe
essa notícia
Cidades / 13/12/2016 15:17 - Atualizada em 13/12/2016 15:18
Impostos continuam a subir devido à inflação
Total de impostos em 2016 chega a R$ 1,9 trilhão nesta quarta


Apesar da queda de mais de 7% na economia brasileira, o que em tese resultaria em um recuo na arrecadação, a soma de impostos pago no ano continua a subir. De acordo com os dados do Associação Comercial de São Paulo (ACSP) o Impostômetro (ferramenta que marca os gastos da população com impostos durante o ano) deve atingir a quantia de R$ 1,9 trilhão nesta quarta-feira, 14, às 7h30. Esse valor é referente ao total de impostos, taxas e contribuições pago pela população brasileira desde o início do ano à União, aos estados e municípios.



No ano anterior a mesma marca de R$ 1,9 trilhão foi registrada dois dias depois, em 16 de dezembro, o que mostra um crescimento na arrecadação. O presidente da ACSP e da Federação doas Associações Comerciais do Estado de São Paulo, Alencar Burti, ressalta que esse aumento não se deve a um consumo maior ou a uma melhora da economia, mas sim ao imposto arrecadado sobre a repatriação recente de recursos que estavam no exterior. 



“Nos últimos dois anos, a economia caiu mais de 7%, o que resultaria em recuo na arrecadação. Não foi o que aconteceu, já que estamos com uma arrecadação quase igual à de 2015. Isso se explica pelo aumento da inflação: com preços mais altos, pagam-se também valores maiores em tributos, já que esses recaem sobre os preços finais”, explica Burti.  


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário