Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / 08/01/2018 11:04 - Atualizada em 15/01/2018 11:48
Qualidade da Educação municipal melhora
Vinhedo subiu de 55ª colocada em 2015 para a 33ª posição do País em 2017


A Educação em Vinhedo apresentou um salto de qualidade em 2017, segundo o Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB). Neste ano, a nota calculada foi 5,5 contra 5,3 em 2015.



Assim, Vinhedo subiu de 55ª colocada em 2015 para a 33ª posição em 2017, entre todos os municípios do país. A nota também supera o índice médio do Estado de São Paulo (5,3) e o obtido pelo Brasil (4,7). Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), Vinhedo ficou em segundo lugar.



“Realmente a Educação em Vinhedo aparece em destaque em praticamente todos os índices, como IDEB, Prova Brasil e outros. O IOEB é interessante porque avalia também a formação dos professores, o que é determinante para a qualidade do ensino. É um estudo que se estende também às redes estadual e particular e confirma que Vinhedo realmente é uma cidade diferenciada”, comemora o secretário de Educação, Gilberto Lorenzon.



O IOEB engloba todas as redes educacionais do município e contempla todas as crianças e adolescentes em idade escolar, incluindo também quem está fora da escola e não deveria estar.



A nota final é formada a partir da relação de um conjunto de fatores e seus respectivos pesos. Esses fatores estão divididos em dois grupos: insumos educacionais, ou seja, fatores essenciais para um bom resultado educacional e resultados educacionais, sejam eles de atendimento, de aprendizado ou de aproveitamento escolar.



O IOEB leva em consideração o IDEB, índice utilizado pelo Ministério da Educação, mas também avalia itens como formação docente, experiência dos diretores e vagas na Educação.


Fotos da notícia
IOEB engloba todas as redes educacionais da cidade

Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário