Compartilhe
essa notícia
Cidades / 09/01/2018 16:44 - Atualizada em 15/01/2018 11:47
PCJ aponta possível falta de água, caso haja pouca chuva no início do ano
Na última semana foi feita uma avaliação e comparação das precipitações médias


A Equipe Técnica do Consórcio PCJ e especialistas do Sistema de Gerenciamento dos Recursos Hídricos, com base nos dados de chuvas históricos, alerta que se não ocorrerem chuvas significativas no primeiro trimestre de 2018, as reduções de consumo pelos setores agrícola, industrial e urbano, terão que ser repetidas como em 2014.



Na última semana foi realizada uma avaliação e comparação das precipitações médias anuais ocorridas em 2013 e 2017. Sendo que em 2013, ano que precedeu a crise hídrica de 2014, verificou-se situações de alerta quando o Sistema Cantareira apresentava 30% de capacidade de reserva.



Ao longo de 2017, constatou-se que as precipitações também foram abaixo das médias históricas, e que a capacidade do Sistema Cantareira, a exemplo de 2013, encontra-se também com índices críticos, ou seja, próximos a 40%.



Em 2013, quando a capacidade do Sistema Cantareira era de 30%, foi constatado que tal nível não foi capaz de assegurar a ausência de chuvas no verão de 2014, durante à pior crise hídrica dos últimos 90 anos, em que o volume estratégico (volume morto) teve que ser utilizado. 


Fotos da notícia
Nível de água está próximo ao de 2013

Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário