Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / Política 08/03/2019 20:46 - Atualizada em 19/03/2019 15:57
Mais de 1 mil vinhedenses podem ter o t?tulo cancelado
Sem o documento, eleitor n?o pode tirar passaporte e se inscrever em concursos


Os vinhedenses que se ausentaram nas três últimas votações, 1.005 pessoas no total, podem ter os títulos cancelados segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número corresponde a 1,72% dos eleitores da cidade no universo de 58.263 pessoas. 



Os dados incluem os eleitores que deixaram de votar ou não justificaram a falta de participação nos pleitos, sendo que cada turno é considerado uma eleição. Para evitar o cancelamento do título, os vinhedenses devem regularizar a situação no Cartório Eleitoral até o dia 6 de maio.



Na região, são 50,4 mil eleitores que podem ter o título cancelado, sendo o município de Pedreira com o maior índice 2,7% da população e, o menor, na cidade de Artur Nogueira com 1,58%.



Regularizar



Para verificar se há pendências ou se está quite com a Justiça Eleitoral, o eleitor pode consultar o site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) ou ir ao cartório eleitoral mais próximo da residência.



Para a regularização, basta obter a guia para a quitação de multas, emitida no cartório ou pela internet, na página do TRE-SP, pagar a multa correspondente a cada ausência e comparecer ao cartório eleitoral com o comprovante de pagamento.



Prejuízos



Sem o título de eleitor, o cidadão fica impedido de votar, pedir passaporte, se inscrever em concursos públicos, pedir empréstimo em banco público ou renovar/fazer matrícula em instituições públicas de ensino.



 


Fotos da notícia
Regularização pode ser feita até o dia 6 de maio
Igor Batista

Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário