Compartilhe
essa notcia
Vinhedo / 03/08/2012 15:36 - Atualizada em 04/08/2012 23:21
Sanebavi começa a usar novos aparelhos para medição de consumo
Portáteis são mais resistentes à impactos


 



A partir de agosto, a Sanebavi – Saneamento Básico de Vinhedo, passa a fazer a leitura do consumo de água da cidade com novos aparelhos. Os Palm’s, utilizados há sete anos, serão substituídos por dez equipamentos.



Os computadores portáteis são mais resistentes a impactos e possuem teclado qwerty e câmera fotográfica que vão dar maior rapidez na digitação e no registro de ocorrências e irregularidades que possam ser encontradas no momento da leitura. O novo equipamento, que está integrado ao sistema de faturamento da autarquia, possui uma impressora portátil que, em breve, vai emitir na hora a conta para o consumidor.



O uso desse novo sistema é apenas o início de um grande projeto que está vinculado ao controle de perdas do município. Nos próximos doze meses, macromedidores serão instalados nos 36 reservatórios da cidade e, a partir daí, será possível comparar a quantidade de água distribuída com a quantidade efetivamente consumida pelos hidrômetros em cada região.



“Com a macromedição, conseguiremos identificar possíveis perdas de água pelo caminho, já que, no mesmo dia, vamos fazer a leitura do consumo de determinada região com a quantidade de água distribuída pelo reservatório para aquele setor, e no final, os números terão que ser iguais”, afirma o Superintendente da Sanebavi, Odair Seraphim, o Canjica.



Além de um controle maior sobre a distribuição da água, a Sanebavi também poderá estabelecer prioridades de investimentos e planejar ações para cada uma das regiões de Vinhedo.



Em 2008 o índice de perdas de água no município era de 44%. Após uma série de ações como troca de hidrômetros, instalação de novas tubulações, monitoramento dos reservatórios e maior agilidade no atendimento das ocorrências, esse índice foi reduzindo e, em 2012, está em 31%.



A meta estipulada pelo Comitê PCJ (Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) aos municípios consorciados, da qual Vinhedo faz parte, é que, até 2020, esse índice alcance 25%.


Fotos da notcia

Comentar notcia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatrio
Email destinatrio