Compartilhe
essa notícia
Cidades / Saúde 26/11/2012 13:58 - Atualizada em 27/11/2012 15:22
Boldrini lança campanha para arrecadar R$ 1,5 milhão
Parte das doações será usado para construir nova unidade de pesquisas


O Centro Infantil Boldrini lança a campanha ‘Dê uma mãozinha pro Boldrini’, com a intenção de arrecadar até 20 de dezembro R$ 1,5 milhão. Doações serão feitas por meio do sistema 0500, por telefone. O valor doado será repassado à instituição pela operadora de telefonia.



A expectativa é superar o valor obtido no ano passado de R$ 1,1 milhão. “Essa campanha é uma contribuição fundamental para ajudar o Boldrini a continuar sendo excelência no tratamento do câncer infantil e também a ampliar suas conquistas na área da saúde.”, afirma a presidente do Boldrini, Silvia Brandalise.



O Boldrini tem uma despesa mensal que ultrapassa R$ 3 milhões e 44% desse valor é arrecadado por meio de doações da comunidade campineira. Segundo a doutora Silvia Brandalise, são altos os custos relacionados ao diagnóstico e tratamento do câncer e das doenças sanguíneas graves. “Os pagamentos contemplados pelo SUS são insuficientes. Por essa razão, somente com as doações da comunidade conseguimos pagar as despesas e investirmos em benefícios para melhorar a atenção global aos pacientes.”



Para participar, basta ligar para os telefones 0500 3787 010, para doar 10 reais; 0500 3787 020 para doar 20 reais, e 0500 3787 030 para doar 30 reais. É preciso ouvir a gravação até o final para confirmar a doação. Para colaborar com outros valores, o interessado deve entrar em contato com a instituição através do site www.boldrini.org.br . O custo de cada ligação é de R$ 0,39 para telefones fixos e R$ 0,71 para telefones celulares mais impostos.



Nova unidade de pesquisas



Com a arrecadação, o Centro planeja investir na construção de uma nova unidade de pesquisas, com orçamento avaliado em R$ 7 milhões.



Essa unidade vai permitir a busca de novos principiais ativos contra o câncer, mais conhecimento quanto às alterações genéticas secundárias ao câncer da criança e do adolescente. A existência de um biotério amplo em muito auxiliará nos testes com animais. Parcerias nacionais e internacionais serão estabelecidas ou fortalecidas com foco na pesquisa translacional, cujas descobertas serão rapidamente inseridas na prática clinica.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Comentários
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário