Compartilhe
essa notícia
Vinhedo / 03/10/2013 16:09 - Atualizada em 04/10/2013 15:16
Julgamento do caso São Joaquim ocorre nesta sexta-feira
Site do JV fará cobertura em tempo real


Nesta sexta-feira, 4, Luis Adolfo Martins, acusado de assassinar o administrador do Condomínio São Joaquim, Alex Brunner Freijó, em 2005, vai a júri popular. O julgamento começa às 9h, na Câmara Municipal e é aberto ao público.



O Jornal de Vinhedo vai fazer uma cobertura em tempo real diretamente do tribunal do júri.



Na época do incidente, Alex, que tinha 38 anos, foi morto em seu escritório, na administração do residencial. De acordo com investigações da Polícia Civil, conduzidas pelo delegado Álvaro Santucci Noventa Junior, e laudos do Instituto de Criminalística, foram disparados 14 tiros, dos quais 13 atingiram a vítima, o primeiro na têmpora.



As investigações indicam que o acusado esperou o término do expediente na administração, às 17h, para entrar no local. Porém, até por volta das 17h20, um funcionário esteve com Alex no escritório, que fica na Rua Rio Piracicaba.



Informações também apontam para alguns funcionários que deixavam o local, quando avistaram um homem chegar em uma moto e entrar no escritório pela porta dos fundos. Uma testemunha identificou essa pessoa como sendo Luis.



Segundo investigações, Alex teve uma discussão com a esposa do acusado por impedimentos ambientais que o casal sofria para fazer uma obra. A vítima estava intermediando este impasse, que envolvia Luis, sua esposa e o Departamento de Proteção aos Recursos Naturais.



De acordo com depoimento do delegado prestado na época, “Ela deve ter comentado com o marido a discussão que teve com o administrador momentos antes do crime e ele, considerado uma pessoa de 'pavio curto' e violenta no condomínio, matou a vítima”.


Comentar notícia

Nome
Email
Mensagem
Li e concordo com os termos de uso
Nome remetente
Email remetente
Nome destinatário
Email destinatário